top of page

#10 - Personal branding, definindo sua marca pessoal e case Nat Arcuri

Atualizado: 11 de dez. de 2023

Sua pílula quinzenal sobre branding, design e marketing ✨

Clara Ramos - Branding de propósito - branding pessoal

Ei brandlovers! Contrariando todas as estatísticas essa news está chegando em seu décimo aniversário ✌️

E pra não perder o costume, hoje trouxe uma surpresinha em forma de notícias do futuro, espero que goste da 10ª edição 👇


NA NEWS DE HOJE

✨ O que é branding pessoal?

⚡️ 3 passos pra te ajudar a definir o seu

💜 Recursos úteis

💡 Case: Nat Arcuri


O QUE É BRANDING PESSOAL?

Branding pessoal ou personal branding, é aquela marca que você deixa por onde passa, sabe?

A parada começou lá nos anos 90, quando o guru do management Tom Peters jogou no ar a ideia de que todos nós somos CEOs de nossa própria empresa: Me Inc. Ele mandou a braba no artigo "The Brand Called You" na revista Fast Company.

Desde então, o jogo virou e a galera começou a perceber que o jeito que se apresentam, o que falam, compartilham e até como interagem com os outros, constróem sua marca pessoal.

Você não tá só vendendo um serviço ou produto, você tá mostrando ao mundo sua missão, sua visão e os valores que te movem.

⚡️ Se você consegue amarrar bem a sua estratégia e comunicação, e agir de propósito, é possível influenciar essa visão e percepção que as pessoas tem sobre você ao seu favor.

E ainda criar boas conexões e fazer um network babado por meio dessa influência.

Clara Ramos - Branding de propósito - branding pessoal

Já ouviu aquele papo de "sua vibe atrai sua tribo"? Então, é exatamente isso.

Você tá aí, transmitindo sua essência e seu propósito, e isso vai ecoar e atrair pessoas que tão na mesma sintonia que você.

Pois a verdade é que isso não vale nada se não rolar conexão com a galera. Não é só sobre você, é sobre os outros também, sabe?

É um jogo de dar e receber. E é preciso muita entrega de valor pra criar uma relação consistente e gerar fidelidade.


Clara Ramos - Branding de propósito - branding pessoal

Pensa comigo: 92% das pessoas confiam mais nas recomendações de indivíduos do que nas de empresas. Isso já diz muito.

A galera não quer só ouvir falar de você, quer te conhecer, entender sua história, sentir que pode confiar.


Quando você constrói um branding pessoal autêntico, você não tá só falando, tá também escutando, interagindo, criando relações de mão dupla.

Não é só sobre comprar algo, é sobre comprar algo de alguém que elas respeitam e com quem se sentem conectadas.

✨ Por fim, não é segredo que 86% dos consumidores curtem marcas autênticas e honestas e, olha só, 46% pagariam mais por marcas em que confiam.

O que isso nos diz? Que construir um branding pessoal é como tecer uma teia de relações onde confiança e respeito são as linhas que ligam você aos outros.

Por isso quem você é no mundo digital precisa estar bem alinhado com quem você é na vida real, afinal ter uma personalidade autêntica é um dos pontos principais pra uma marca se diferenciar no mercado.

⚠️ E ó: branding pessoal não é um projeto com começo, meio e fim. É um trabalho constante, afinal a gente tá sempre evoluindo, né? Então, é sobre manter a autenticidade, mas também saber a hora de inovar e se adaptar.

É isso, branding pessoal é sobre ser real, ser você mesmo e, ao mesmo tempo, sobre a galera com quem você se conecta. É sobre criar um legado de relacionamentos verdadeiros e memórias positivas que vão fortalecer sua marca dia após dia.




3 PASSOS PRA TE AJUDAR A DEFINIR O SEU

Pra construir um branding pessoal coerente e consistente, tem que começar pelo autoconhecimento. Se conhecer e ter consciência do seu impacto é o primeiro passo.


Clara Ramos - Branding de propósito - branding pessoal

Primeiro, "quem você é" é o seu ponto de partida. É o seu core, seu DNA. Isso inclui suas paixões, suas habilidades, seu estilo, seus valores. É o que te faz um ser único, sabe?!

E aí, tem a parte de "quem você quer ser", que é a visão, a direção pra onde você tá indo, suas metas e objetivos. Isso é dinâmico, tá sempre em construção e evolução, porque a gente tá sempre aprendendo e crescendo.

Agora, a parte mais desafiadora: "quem os outros veem". Aqui entra a percepção que os outros têm de você. E ó, isso é baseado não só no que você diz ou faz, mas também no que você não diz e não faz.

⚡️ Pergunta pra si mesmo: "Quais são minhas paixões? Minhas habilidades? O que eu quero que as pessoas lembrem quando meu nome vem à tona?"

A partir daí, é criar uma narrativa autêntica que mostre sua trajetória, suas conquistas e até mesmo seus perrengues, porque ninguém é de ferro, e essa humanidade conta pontos.

Se você consegue alinhar sua personalidade (quem você é) com sua imagem (como os outros te veem) e suas intenções (quem você quer ser), aí você tem um branding pessoal que é poderoso e ressoa com as pessoas.



NAT ARCURI

Beleza, então vamos falar de uma mulher que é pura inspiração e deu o que falar no mundo corporativo: Nathalia Arcuri.

Essa mulher é um furacão quando se trata de finanças e empreendedorismo, e conseguiu construir uma marca pessoal que é referência no Brasil.

Primeiro, ela começou como jornalista, mas não parou por aí. Ela viu uma brecha no mercado e sacou que podia juntar sua paixão por comunicação com finanças.

Então criou o Me Poupe!, que não é só o maior canal de finanças do YouTube no Brasil, mas uma plataforma de educação financeira.

✨ O que a Nat fez foi basicamente construir uma ponte entre quem ela é — comunicativa, descolada e inteligente — com quem ela queria ser: uma referência em educação financeira.

Clara Ramos - Branding de propósito - nat arcuri

Mas não só isso, ela também se preocupou em entender como a galera a via. Ela queria ser vista como alguém que pode ajudar o brasileiro médio a sair do sufoco financeiro.

💡 A sacada dela foi levar um assunto que muita gente acha chato e transformar em conteúdo que é fácil de digerir, com uma boa dose de humor e carisma.

E como ela fez isso? Colocando a cara no sol!

YouTube, Instagram, LinkedIn, livros, palestras, programas de TV. Ela usou todas as ferramentas possíveis pra espalhar sua mensagem e criar conexões reais com a audiência.

Ela falou a língua da galera do jeito dela, usou humor, histórias pessoais e muita, mas muita sinceridade sem se esconder atrás de trends.

E se destacou por compartilhar insights sobre economia, investimentos e desenvolvimento pessoal, tudo com uma linguagem descomplicada.

Nat não tem medo de ser ela mesma, mesmo no mundo mais formal do LinkedIn.

Clara Ramos - Branding de propósito - nat arcuri reprodução linkedin

O que faz da Nath um case de sucesso em branding pessoal é essa habilidade de ser vista como uma autoridade no que fala, mantendo a autenticidade e humildade.

Ela usa sua própria jornada pra ensinar e inspirar, e isso gera uma conexão genuína com seu público.

👉 Em seus vídeos conseguimos ver muito de quem ela é, em suas redes entendemos seu posicionamento e seus valores. Em cada espaço temos pistas diferentes, e assim vamos construindo a imagem na nossa cabeça.

A marca pessoal é um mix de expertise financeira, transparência total e uma vibe que é só dela.

Nathalia Arcuri mostra que você pode ser um expert no seu campo e ainda assim ser relevante e cool.

Quer receber os recursos especiais que eu passo em cada edição da newsletter? Assine para receber no email 👇

Até a próxima edição! 💜


Beijos,

Clara Ramos

Clara Ramos - Branding de propósito

Meu nome é Clara Ramos, designer há mais de 6 anos e marketeira desde que me conheço por gente, vejo o branding de propósito como uma missão pra mostrar que o design é mais que estética.

Pra mim, o marketing precisa ser mais humano e sustentável, valorizando o propósito e a essência de cada marca. E mostro que isso faz parte da performance! Utilizo o design como ferramenta de comunicação poderosa e o conteúdo como chave pra enriquecer a experiência do usuário.

Assina a news e vamos aprender juntos! 👇

98 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page