top of page

#8 - Proposta de valor, um guia pra definir a sua e case Netflix

Atualizado: 11 de dez. de 2023

Sua pílula quinzenal sobre branding, design e marketing ✨

Branding de propósito - marcas e cores

Ei brandlovers, hoje vim falar mais sobre o posicionamento de marca e como estruturar isso em uma proposta de valor que ressoa com o público 👇


NA NEWS DE HOJE

✨ O que é proposta de valor

⚡️ Definindo a sua proposta de valor [GUIA PRÁTICO]

💜 Recursos úteis

💡 Case: Netflix


O QUE É PROPOSTA DE VALOR

A proposta não é só um slogan ou uma frase de efeito. Ela é a promessa que você faz ao seu cliente.

É o que faz alguém parar, olhar e dizer: "Isso é exatamente o que eu tava precisando!" 🥹✌️

Mas não para por aí. Uma proposta de valor eficaz vai além de atrair olhares, ela converte esses olhares em ação, fazendo com que o cliente realmente compre a sua ideia.

Podemos dizer que a proposta de valor tem poder de moldar comportamentos e gerar a tão querida “demanda”. Ela pode te apresentar uma solução que você nem sabia que precisava, e agora sabe.

Elementos da proposta de valor - Branding de propósito - Clara Ramos

A proposta é um mix da sua solução de um problema, com o seu diferencial e uma pitada de quais são seus benefícios na prática. Isso tudo dentro de um recorte de público claro. E lá no meio, tá a sua marca com sua promessa, no melhor do the best of both all worlds.

April Dunford, em Obviously Awesome, coloca isso de forma brilhante. Ela diz que a proposta de valor é como um GPS pra sua marca.

Imagina você entrando num labirinto. Sem um GPS, você fica dando voltas, sem saber onde tá indo. Mas com um GPS, você sabe exatamente onde tá, onde quer ir e como chegar lá.

✨ A proposta faz isso pela sua marca. Ela te posiciona no mercado de forma que o cliente entenda, de cara, por que você é a melhor opção e o que você tem pra agregar na vida dele.

Agora, por que isso é tão crucial?


Dados ads por dia - Branding de propósito - Clara Ramos

Vivemos num mundo saturado de informações e opções. As pessoas são bombardeadas com milhares de mensagens publicitárias todos os dias, estimam que uma pessoa vê cerca de 6 mil peças de mídia por dia, por baixo.


Se você não tiver uma proposta de valor que grude na mente do cliente e transmita a solução de forma assertiva, você vai ser só mais um ruído no meio de tantos outros.

E aqui entra a genialidade de Simon Sinek e seu conceito de Comece pelo Porquê (já indicado aqui em edições passadas).

Ele diz que as pessoas não compram o que você faz, elas compram o porquê você faz. Isso é a essência da sua proposta. Não é sobre o produto, é sobre a mudança que o produto vai trazer pra vida do cliente.

Acho que nem preciso falar que, acima de tudo, ela precisa ser uma promessa cumprida, uma solução entregue, uma vida melhorada - DE VERDADE

O bom é que quando você consegue isso, meu amigo, você não tem só clientes: você tem fãs.



DEFININDO SUA PROPOSTA [GUIA PRÁTICO]

Primeiro, você tem que entender seu cliente como se fosse seu melhor amigo. Sabe aquela sensação de terminar a frase do outro? É nisso que você precisa mirar.

Conheça as dores, os desejos, os sonhos e até os medos do seu público. Isso vai te dar o material bruto pra criar uma proposta de valor que ressoe de verdade.

Agora, com esse conhecimento em mãos, você vai ser específico. Nada de generalidades ou clichês. Seu cliente tem que ver sua proposta e pensar que sua solução foi feita pra ele.

Uma boa Proposta de Valor não é só sobre o que você diz, mas sobre o que você entrega. É aqui que entra o conceito de Donald Miller em StoryBrand.

Ele fala que a sua marca deve ser o guia e o cliente, o herói da história. Ou seja, sua proposta de valor tem que mostrar como você vai ajudar o cliente a vencer alguma barreira, a resolver o problema dele, a alcançar o que ele deseja.

Agora você tá pronto pra usar o guia prático pra montar a sua proposta de valor, eu preparei esse material com muito carinho! 👇



NETFLIX E SUA ATMOSFERA DE VALOR

Vamos falar de um gigante que todo mundo conhece e ama: a Netflix.

E não é só porque ela salva nossas noites de tédio, mas porque ela é um exemplo perfeito de uma proposta de valor que virou estilo de vida.

Vou usar a fórmula base que eu propus no guia prático, bora destrinchar a proposta da marca:

  • Marca: Netflix

  • Público-alvo: Amantes de filmes, séries e documentários de todas as idades

  • Problema/Necessidade: Acesso a entretenimento de alta qualidade, a qualquer hora e em qualquer lugar

  • Diferencial: Vasta seleção com conteúdo original e exclusivo em uma plataforma intuitiva

  • Resultado Tangível: Experiência de streaming sem limitações e personalizada em qualquer dispositivo.

Proposta de Valor Adaptada: A Netflix proporciona uma vasta seleção de filmes, séries e documentários, incluindo conteúdo original e exclusivo, em uma plataforma fácil de usar. Pra que? Pra que você curta o melhor do entretenimento, onde e quando quiser.

⚡️ E o que faz essa proposta ser tão poderosa?

Primeiro, a Netflix entendeu o que a gente quer: variedade e qualidade, sem complicação e sem interrupções.

Eles pegaram uma necessidade - que em época de Blockbuster muitos nem sabíamos que tínhamos - e transformaram em uma solução que cabe perfeitamente.

Segundo que isso não é lúdico, tá estampado em vários pontos de contato. Ela tava aqui o tempo todo, só você não viu…


Você pode ver isso nos dois exemplos a seguir, um é um print do resultado do Google e outro é o print da tela inicial da Netflix (no momento me que escrevo essa edição):



Pra além das palavras, eles conseguem traduzir isso em funcionalidades que nem imaginamos que foram guiadas por essa proposta.

Como por exemplo o fato de ser multiplataforma. Aqui a marca mostra que tá com você em todo lugar mesmo, no celular dentro do metro ou na sua sala passando na TV.

Ou o algoritmo que te indica mais conteúdos baseados no que você gosta de consumir. É ela facilitando a sua vida e deixando seu momento de entretenimento cada vez mais personalizada.

Ou até mesmo criando ações de marca fora das telinhas pra divulgar suas produções originais e exclusivas. Tipo a recente ação pra nova temporada de Sex Education, que contou até com camisinha em CGI pelo mundo afora.

Sem falar na parceria com a Dolce Gusto, que veio pra provar que você pode ter seu momento netflix and chill de forma super descomplicada.

netflix e dolce gusto  - Branding de propósito - Clara Ramos

Isso tudo é a marca materializando sua proposta em atributos palpáveis, e te fazendo sentir essa promessa em cada experiência criada.

Ui, deu pra sentir aquele tudum daí né?! 🤭

A atmosfera que eles criam é de se admirar, e a consistência entre promessa e entrega é incrível.

⚡️ Essa marca dá aulas e aulas e marketing e branding, mas a proposta de valor é tão bem feita e bem distribuída que pode até passar despercebida.

Mas nós notamos senhora Netflix, tá de parabéns garota!!!

E aí, agora você tá pronto pra fazer sua proposta de valor sair do papel e entrar na vida real?

Quer receber os recursos especiais que eu passo em cada edição da newsletter? Assine para receber no email 👇

Até a próxima edição! 💜


Beijos,

Clara Ramos

Clara Ramos - Branding de propósito

Meu nome é Clara Ramos, designer há mais de 6 anos e marketeira desde que me conheço por gente, vejo o branding de propósito como uma missão pra mostrar que o design é mais que estética.

Pra mim, o marketing precisa ser mais humano e sustentável, valorizando o propósito e a essência de cada marca. E mostro que isso faz parte da performance! Utilizo o design como ferramenta de comunicação poderosa e o conteúdo como chave pra enriquecer a experiência do usuário.

Assina a news e vamos aprender juntos! 👇

228 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page