top of page

#17 - Rebranding: como identificar a necessidade de um e case Seara

Sua pílula quinzenal sobre branding, design e marketing ✨

Clara Ramos - Branding de propósito - brand collabs

Ei, brandlover!

 

Co-criar essa news com vocês sempre foi uma vontade minha, e me perguntei algumas vezes se devia criar um grupo pra gente interagir mais.

 

Maaas sempre fiquei com um pé atrás - também odeio aqueles grupos que pipocam de coisa (in)útil, afinal acabamos perdendo quando algum tópico nos interessa.

 

Do começo do ano pra cá comecei a pensar mais nisso, e resolvi tentar fazer o barro acontecer de uma forma diferente. Fiz uma comunidade no WhatsApp e separei em grupos pra deixar a troca mais assertiva, assim deixo o da fofoca pra quem gosta e mantenho outros com conversas mais pontuais.

 

Então aqui fica o convite pra entrar na comunidade da Branding de propósito, clica aí 👇



Ps: Confesso que sou péssima nisso de conversar, geralmente sou mais objetiva nas minhas trocas, dito isso saibam que será um desafio mas tô pronta pra fazer acontecer com a ajuda de vocês 🫰


NA NEWS DE HOJE

✨ Rebranding

⚡️ Como identificar a necessidade de um rebranding?

💜 Recursos úteis

💡 Case: Seara



REBRANDING

Você já parou pra pensar que marcas são como seres? Elas se desenvolvem, crescem e, às vezes, precisam de uma mudança legal pra continuar relevantes.

 

Esse é o rebranding! Não é só uma mudança de visual, mas uma renovação estratégica que realinha a marca com o coração do seu público.

 

Usar dessa estratégia em momentos turbulentos pode até parecer a solução mágica, mas mais importante ainda é entender se você já explorou tudo o que sua marca atual tem a oferecer.

 

Não é sobre se acomodar com o que você tem, mas sobre valorizar e potencializar os aspectos já fortes e queridos da sua marca, ao invés de jogar tudo pro alto em busca de algo novo - que parece tentador e um caminho fácil…

 

Por isso, antes de continuar essa conversa precisamos deixar claro que sim, existem níveis diferentes de reformulação de marca, entenda a diferença entre eles:


Branding de propósito - rebranding - clara ramos

Mas tenha em mente que não é estático, a mudança vai depender das necessidades da empresa naquele momento de negócio em específico.

 

E desde pequenas atualizações visuais até ajustes estratégicos de posicionamento, cada etapa tem seu valor e impacto.

 

A média do mercado pra grandes empresas é de 7 a 10 anos pra um novo rebranding, com alguns pequenos ajustes no meio do caminho.

 

Mas quanto mais rápido fica o consumo de conteúdo e o ciclo de tendências, e quanto mais vemos as carinhas das marcas por aí, mais essa pausa tende a diminuir.

 

Bom, quando digo que rebranding é transformador, não tô exagerando.

 

É uma oportunidade única de se reconectar com sua audiência e até mesmo de se apresentar a um público totalmente novo.

 

A real é que o rebranding é uma estratégia poderosa e vimos ela ser adotada por gigantes do mercado recentemente, em diferentes níveis de renovação.

 

E eles não tão só jogando dinheiro fora, tão investindo em continuar a conversa com a gente de um jeito que faça sentido pra todo mundo.

 

Pelo menos a maioria né?! 😅 Falei mais sobre o case X (twitter) nesse artigo.

 

Maaas tudo isso pede pesquisa, planejamento e muita, mas muita conversa com quem importa: o consumidor.

 

✨ Tem que ter motivo, tem que ter história, tem que ter propósito.

 

E pode até parecer que foi do nada, mas esse processo todo pode levar de 12 a 18 meses e precisa de muita gente dedicada e com skills diferentes pra fazer acontecer da forma mais assertiva.

 

No final das contas, rebranding é mais que uma harmonização facial. É sobre ter a oportunidade de contar uma nova história e mudar a percepção da marca.

 

É sobre crescer junto com seu público e levar todo mundo pra um futuro onde a marca e as pessoas vibram na mesma sintonia.


COMO IDENTIFICAR A NECESSIDADE DE UM REBRANDING?

O rebranding é uma ferramenta poderosa, mas como toda ferramenta, precisa ser usada com sabedoria. Avaliar as razões por trás da necessidade de mudança pode evitar muita dor de cabeça e garantir que a marca se mantenha forte e relevante.

 

Motivos pra fazer um rebranding

  1. Mercado e público-alvo mudaram: A marca não reflete mais as tendências atuais ou expectativas dos consumidores.

  2. Nova estratégia ou posicionamento: Mudança significativa nos objetivos ou direção da empresa.

  3. Após fusões e aquisições: Integrar diferentes culturas e valores empresariais sob uma nova marca.

  4. Reconstruir reputação: Renovar a imagem da marca após danos à sua reputação.

  5. Expansão para novos mercados: Adaptar a marca para ser relevante e respeitosa em culturas diferentes.

 

Motivos para não fazer um rebranding

  1. Sem motivo estratégico claro: Mudar a identidade da marca sem fundamentação sólida.

  2. Recursos insuficientes: Falta de tempo, energia ou investimento financeiro para um rebranding eficaz.

  3. Reagindo a crises momentâneas: Decisões apressadas em momentos de crise sem resolver problemas de base.

  4. Expectativas irrealistas: Acreditar que apenas o rebranding solucionará todos os desafios da empresa.

  5. Mudanças frequentes: Alterar a marca constantemente pode transmitir instabilidade.


SEARA

Cê já reparou como algumas marcas conseguem se reinventar de um jeito que parece que elas continuam sempre na cabeça da galera? A Seara é uma dessas!

 

Depois um processo de 15 meses em parceria com a agência Dragon Rouge, a marca revelou sua nova identidade visual em um palco nada convencional: durante a prova do líder do Big Brother Brasil 24.

 

Vamos começar por aqui… A escolha do momento e do local pro anúncio não foi por acaso, reflete a intenção da Seara de se conectar com uma audiência ampla e diversificada, aproveitando um dos picos de atenção da televisão brasileira.


Clara Ramos - Branding de propósito - rebranding seara


Com um glow na cor laranja, o novo logo da Seara é uma ode ao seu icônico "sol de Seara", um elemento que faz parte da identidade da marca há mais de três décadas.

 

Segundo Tannia Fukuda, diretora de marketing da Seara, a intenção foi expandir o ícone pra além da elipse tradicional, representando o momento de expansão e crescimento pelo qual a empresa tá passando.

 

Além disso, a oficialização do laranja mais vibrante como cor da marca representa uma jogada estratégica dentro do setor de alimentos, onde essa cor ainda não é tão explorada.

 

⚡️ Você consegue listar quantas marcas de comida que usam o laranja??

 

Os vários raios do sol, agora mais heterogêneos e de diferentes tamanhos, são uma metáfora visual pra diversidade da marca, tanto na sua cartela de produtos quanto nos públicos.

 

Mas ó, não foi só uma mudança pra ficar bonito na foto, não, ainda falaram que essa nova cara é só o começo de uma série de mudanças que vão rolar ao longo de 2024.

 

Eles tão pensando em tudo: das embalagens, que são a primeiro impressão que a gente tem com a marca, até a frota de caminhões e materiais de ponto de venda.

 

Todos os pontos de contato com a marca, que não são poucos né rs


Clara Ramos - Branding de propósito - rebranding seara

Sem falar no lançamento de um monte de SKUs novinhos em folha, porque entendem que o consumidor de hoje quer novidade.

 

A jogada é estar sempre de olho no que a galera tá querendo, usando até as redes sociais pra entender comportamento e trends e transformar em produto.

 

O refresh da Seara é um exemplo claro de como uma marca pode se reinventar sem perder sua essência.

 

✨ Ao mergulhar em sua própria história e valores, a Seara conseguiu criar uma nova identidade visual que não só respeita seu legado, mas também aponta pro futuro.

 

Através de uma comunicação inteligente e uma escolha estratégica de canais, a marca tá pronta pra fortalecer sua conexão com os consumidores e consolidar ainda mais sua liderança no mercado.

 

E ainda tem gente que fala que faria esse trabalho em 1 semana 😅


Quer receber os recursos especiais que eu passo em cada edição da newsletter? Assine para receber no email 👇


Até a próxima edição! 💜


Beijos,

Clara Ramos

Clara Ramos - Branding de propósito

Meu nome é Clara Ramos, sou designer há mais de 8 anos e marketeira desde que me conheço por gente, vejo o branding de propósito como uma missão pra mostrar que o design é mais que estética.

Pra mim, o marketing precisa ser humano e sustentável, valorizando o propósito e a essência de cada marca. E mostro que isso faz parte da performance! Utilizo o design como ferramenta de comunicação poderosa e o conteúdo como chave pra enriquecer a experiência do usuário.

Assina a news e vamos aprender juntos! 🫶



# CONTINUE APRENDENDO

Como eu posso te ajudar na sua jornada no branding?

49 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page